Home » , , , » Muçulmano obriga empregado a vender seu rim

Muçulmano obriga empregado a vender seu rim

Autor Jean krause on 17 de mai de 2010 | 15:26


Cristãos são forçados a vender rim para pagar a dívida no Paquistão

Um cristão paquistanês, disse que seu empregador, um muçulmano, o obrigou a vender seu rim, na semana passada, para quitar um empréstimo feito com taxas de juros exorbitantes, cobrados apenas para não-muçulmanos. John Gill, um operador de máquina de moldagem, de uma fábrica de plásticos, na zona Youhanabad de Lahore, disse que tomou um empréstimo de 150 mil rúpias (1,7 mil dólares), com taxa de juros estipulada em 400%, do empregador Ghulam Mustafa em 2007 para enviar sua filha de 17 para a faculdade. O empregador negou que tenha descontado as parcelas do pagamento do cristão, embora Gill afirma que foi descontado. "Eu continuei pagando as parcelas a cada mês do meu salário, mas depois de três anos, cansei de pagar o enorme empréstimo", disse Gill. Mustafá confirmou que foi a casa Gill na semana passada, após ter dado ao cristão, duas semanas para pagar os juros do empréstimo. Então, dia 06 de maio, Mustafá chegou a casa de Gil com “cerca de cinco homens armados" e o transportou para o hospital Ganga Ram, onde obrigou a vender seu rim contra a sua vontade. “Eles venderam o meu rim e disseram que virão no próximo mês para o resto do dinheiro”, disse o cristão. O valor do rim foi estimado em cerca de 200 mil rúpias (2,38 mil dólares), deixando Gill ainda com dívida de 250 mil rúpias (2,9 mil dólares). Gil se recupera em casa, mas não sabia que teria de pagar o restante da dívida. Mustafa disse que Gill lhe devia 400% de juros sobre o empréstimo. "Eu ofereço 50% juros apenas para os empregados muçulmanos", disse ele, acrescentando que se recusa a ter menos de 400% de juros para qualquer não-muçulmano. "Bazar do Rim" Não houve confirmação do hospital Ganga Ram. No entanto, grupos de direitos humanos, queixaram-se que centenas de estrangeiros ricos vão a Portugal, todos os anos, para comprar rins de doadores pobres. A insuficiência renal é mais comum nos países ricos, muitas vezes, por causa da obesidade ou hipertensão, mas uma crescente escassez de órgãos transplantados tem alimentado um mercado negro que explora os doadores pobres, tais como Gill. A Legislação paquistanesa afirmou que vai combater o tráfico de rins. Gill tenta entrar em contato com grupos locais de defesa cristã para ajudá-lo a se recuperar e superar suas dificuldades financeiras e espirituais. Os cristãos são minoria no Paquistão.

Fonte: Compass Direct News / CPADNews
Compartilhe :

Postar um comentário

Concorde, discorde ou critique, mas sempre com educação.

Não serão aceitos:
- Palavrões e xingamentos dirigidos a qualquer pessoa, grupo ou entidade.
- Expressões racistas ou preconceituosas.

O autor não se obriga a aceitar comentários:
- Com único intuito de propaganda.
- Anônimos sem identificação na mensagem*.
- Duplicados.
- Relacionados à parceria (envie pedido/recado por email).
- Não relacionados ao assunto da postagem.

* Recomendo que faça o comentário conectado à sua conta do Google ou à outra qualquer. Embora comentários anônimos possam ser aceitos, caso opte por isto, identifique-se, no final de sua mensagem. Obrigado!

 
Support : ALLIANCE | Lindas Mensagens | Blog da Missionária
Copyright © 2012. Blog do Adorador - All Rights Reserved
Template Criado por Creating Website Publicado por Blog do Adorador
Site mantido pelo Blogger