Home » , , » 3 dicas para sair do comodismo e transformar o seu casamento

3 dicas para sair do comodismo e transformar o seu casamento

Autor Jean krause on 21 de jun de 2015 | 12:33

Créditos familia.com.br / Suely Buriasco

Muitos casais permanecem juntos, mas se sentem infinitamente insatisfeitos no relacionamento. Vivem brigando, reclamando e se lamentando um do outro, ou ainda pior, passam a ignorar o outro conversando apenas sobre o trivial e necessário. Dessa forma, mesmo vivendo juntos, distanciam-se tanto um do outro que muitas vezes se perdem. Falta de compreensão, de companheirismo, de diálogo, de respeito e de confiança são fatores preponderantes para que uma relação se esvazie totalmente.

Comodismo



A acomodação em rotinas nefastas corrói o relacionamento, provoca desilusões e infelicidade não só nos cônjuges, como em toda família. A insegurança, o medo de ficar só e enfrentar a vida nessa condição faz com que muitos cônjuges optem por viver relações desgastadas, nas quais a vivência do amor e do prazer não existe. São casais que carregam nas costas o peso do comodismo e não vislumbram novas oportunidades.

No livro Mediando conflitos no relacionamento a dois ponderei: Quando o casal não assume as suas dificuldades, preferindo a postura de expectadores da própria vida, a vida conjugal pode se arrastar por muitos anos, alastrando-se e tomando proporções espantosas.

Situações mal resolvidas são realmente muito difíceis de se lidar, mas costumo dizer sempre: onde há comprometimento e disposição tudo é possível.

Assim, se você sente que se acomodou no casamento e nem sabe porque ainda está nele, vale observar estas dicas:

1. Reinvente a relação


O que não está bom, precisa ser transformado e, acredite, enfrentar o seu medo de mudança é fundamental nesse momento. Preste atenção: se não está bom para você, tampouco estará para o seu cônjuge. Comece por quebrar algumas rotinas enfadonhas e se disponha a agir de forma mais divertida quando estão juntos. Pare de culpar o outro e assuma as suas próprias dificuldades, dessa forma o amor terá grande chance de reviver.

2. Olhe para você mesmo


Lembre-se: você não pode mudar o outro, mas pode mudar a si mesmo e, por consequência, a sua relação com o outro. Procure nas suas atitudes a mudança necessária, o que você precisa fazer para operar essa transformação. Não se trata de estar certo ou errado, mas de procurar novas alternativas no sentido de favorecer o entendimento e a harmonia que, certamente, farão muito bem a você. É um olhar de carinho para a vida juntos, pensando em um recomeço.

3. Dê uma nova chance


Considerar só o lado negativo da relação vai fazer parecê-la pior do que já está, então liste o que é bom no relacionamento e o que você gosta no seu cônjuge e pense em como incentivar esse sentimento em você mesmo. A mudança de ótica é um diferencial importante que pode surpreender muito. Deixe o orgulho de lado e se permita lembrar das coisas boas que viveram juntos e no que ainda você gostaria de viver. Claro que não é fácil, muito longe disso; reconhecer nossas fraquezas é muitas vezes dolorido, mas o importante é que vale muito a pena.

Não se permita mais acomodar-se em situações infelizes, a vida passa rápido e não há tempo para isso. Nada é mais intenso do que a própria determinação em buscar a felicidade... Faça acontecer essa transformação no seu casamento e seja feliz!



 Créditos familia.com.br / Suely Buriasco


Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.


Compartilhe :

Postar um comentário

Concorde, discorde ou critique, mas sempre com educação.

Não serão aceitos:
- Palavrões e xingamentos dirigidos a qualquer pessoa, grupo ou entidade.
- Expressões racistas ou preconceituosas.

O autor não se obriga a aceitar comentários:
- Com único intuito de propaganda.
- Anônimos sem identificação na mensagem*.
- Duplicados.
- Relacionados à parceria (envie pedido/recado por email).
- Não relacionados ao assunto da postagem.

* Recomendo que faça o comentário conectado à sua conta do Google ou à outra qualquer. Embora comentários anônimos possam ser aceitos, caso opte por isto, identifique-se, no final de sua mensagem. Obrigado!

 
Support : ALLIANCE | Lindas Mensagens | Blog da Missionária
Copyright © 2012. Blog do Adorador - All Rights Reserved
Template Criado por Creating Website Publicado por Blog do Adorador
Site mantido pelo Blogger